Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2014, divulgado em abril do ano passado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontaram que pela primeira vez o acesso à internet por telefones móveis ultrapassou o acesso por computadores nos domicílios brasileiros.

Já o PNAD 2015, divulgado pelo IBGE em dezembro de 2016, apontou que o celular se consolidou definitivamente como o principal meio de acesso à rede. Segundo a pesquisa, o acesso à internet pelo celular, que em 2014 era de 80,4%, subiu para 92,1% em 2015; enquanto o acesso por computadores, quem em 2014 era de 76,6%, caiu para 70,1% no ano seguinte.

É por isso que empresas que trabalham também no meio online e/ou com lojas virtuais precisam ter um site responsivo, ou seja, um site cujo layout se adapta ao tamanho da tela de qualquer ferramenta utilizada pelo usuário, seja um smartphone ou tablet.

Um site responsivo oferece uma navegação melhor, pois as ferramentas são distribuídas e os espaços entre os links do site são adaptados, assim o usuário não precisa se preocupar em esbarrar nos botões que não deseja; aprimorando, assim, a user experience (UX).

Além disso, ter um site responsivo diminui custos, pois uma alternativa seria a empresa ter um site mobile. No entanto, ter um site para cada tipo de dispositivo tornou-se inviável atualmente, dada a grande variedade de tamanhos de tela, especialmente de smartphones, existentes no mercado.

E mais, a Google, desde 2015, tem dado preferência a sites responsivos em seu ranqueamento das buscas, a fim de garantir a boa experiência dos usuários. As empresas cujos websites não são responsivos perderão posições e não aparecerão nas primeiras páginas entre os resultados de seu buscador.

Portanto, um site responsivo atinge um número maior de usuários e, por sua vez, clientes, já que muitos se encontram apenas via celular, mantém as facilidades de acessos e as principais funções que usuário procura, diminui os gastos da empresa e a coloca a frente de seus concorrentes.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário